contato

escoladevelaoceano@gmail.com
instrutor: Capitão Marcelo Visintainer Lopes
fone/whatsapp: (48) 988.11.31.23

História

A Escola de Vela Oceano foi criada no Rio Grande do Sul a mais de 25 anos pelo velejador Marcelo Visintainer Lopes.

Marcelo começou a velejar na escola de vela do clube Veleiros do Sul entre 1974 e 75. Competiu na classe Optimist dos 07 aos 14 anos e depois começou a treinar e competir na classe Pinguim como proeiro. Aos 15 anos começou a velejar de Windsurf e também a participar como tripulante em competições da classe Oceano. Aos 16 foi proeiro da classe Snipe e em seguida passou a timoneiro. Ainda aos 16, ingressou no curso de Educação Física (Licenciatura) na Federal do Rio Grande do Sul. Em 1987, aos 17 anos iniciou a carreira de instrutor de vela, ministrando aulas para adultos e crianças no Veleiros do Sul. Em 1990 foi contratado pelo Iate Clube Guaíba para reativar a flotilha de Optimist e a escola de vela. Em função da liberdade administrativa que possuía no cargo de coordenador e instrutor, conseguiu criar e implantar diferentes formatos de cursos e novas metodologias de ensino. Entre 1991 e 92 foi incentivado pela diretoria do clube a abrir uma empresa e prestar serviço como terceirizado, assumindo assim, o espaço físico e os barcos da escola. Surgia então a primeira escola de vela particular do Rio Grande do Sul (Escola Navegar). A escola permaneceu com este nome por mais algum tempo e depois foi feita a alteração definitiva para “Escola de Vela Oceano”. Em 1994 a escola adquiriu seu primeiro veleiro oceânico (Delta 26’). Antes disto, e desde 1987, Marcelo já ministrava aulas de vela oceânica para alunos que possuíam veleiro e também alugava veleiros por temporada. De lá para cá a Oceano já foi proprietária de 04 Deltas 26’, 01 Delta 32’ e 01 Wind 34’. No ano de 2000 a Oceano foi convidada pela Prefeitura de Porto Alegre e pela Federação de Vela do Rio Grande do Sul, com o endosso do Governo do Estado (proprietário legal do espaço) a assumir a operação da Marina Pública de Porto Alegre. Durante 03 anos o local abrigou uma marina seca com 100 vagas, a escola de vela com os cursos de monotipo, vela oceânica e habilitações da Marinha e também o projeto social Navega Porto Alegre, desenvolvido e coordenado pela Oceano. No terceiro de atividades e sem a perspectiva de cumprimento das contra-partidas oferecidas pelo estado, a Oceano rescindiu o convênio. Os 02 anos seguintes foram dedicados às travessias na costa brasileira com alunos formados ou em processo de formação. No retorno para o sul, a Oceano fez a opção estratégica de focar suas atividades somente nos cursos de vela oceânica, com os quais vêm trabalhando até hoje. No final de 2013, após dois anos de estudo de mercado e planejamento, a Oceano optou pela mudança para Florianópolis.

A carreira mais detalhada...
Professor Marcelo V. Lopes (46) é casado com Mara Ávila há 20 anos e é pai do casal de velejadores Kauli (20) e Mabi (18).

Instrutor ISAF (International Sailing Federation), Capitão Amador e Marinheiro de Convés. Pós Graduado em Administração e Marketing Esportivo pela UGF/RJ e Graduado em Educação Física pela ESEF/UFRGS. Curso de Administração Esportiva pelo COI (Comitê Olímpico Internacional). Instrutor de vela do Clube Veleiros do Sul (POA-RS) de 1987 a 1990, coordenador técnico, instrutor e treinador de vela do Iate Clube Guaíba (POA-RS) de 1990 a 2000. Primeiro Socorrista PADI, coordenador técnico e instrutor de vela do Sava Clube (POA-RS) de 1998 a 1999 e coordenador geral da Escola de Vela da Marina Pública de Porto Alegre de 2000 a 2003. Instrutor da disciplina de Sobrevivência no curso de Marinheiro de Convés na Delegacia da Capitania dos Portos em Porto Alegre de 2000 a 2002. Ministrou cursos preparatórios de Arrais Amador de forma voluntária para a Polícia Ambiental, Corpo de Bombeiros e para oficiais da Aeronáutica (Grupamento de Helicóptero de Santa Maria). Instrutor náutico da SESMA-COPESUL (responsável pelo treinamento do grupamento aquático para a contenção de derramamentos químicos). Instrutor náutico da empresa CATSUL-RS (responsável pela linha de transporte aquaviário que liga Porto Alegre ao município de Guaíba). Mantém vínculo com o Rio Grande do Sul até hoje ministrando cursos de Arrais Amador no Clube dos Jangadeiros, de Arrais e Mestre Amador da Loja Nautiway-Motoryama e de Mestre Amador da Associação Rio-grandense de Jet-ski (POA/RS). No ano de 2000 recebeu a Medalha “Amigo da Marinha” e em 2002 a Medalha “Amigo da Cidade de Porto Alegre”. Participou de duas edições da REFENO (Regata Internacional Recife – Fernando de Noronha - 2005 e 2010). Cruzou duas vezes o Canal do Panamá. Um a bordo do veleiro brasileiro "Blue Wind" e a outra no veleiro da Nova Zelândia "OM" (2015). Experiência internacional em travessia no Oceano Pacífico com a participação no Rally de Volta ao Mundo - Blue Planet Odyssey 2014/2017 do velejador Jimmy Cornell. Velejou a bordo do veleiro brasileiro Blue Wind - perna Panamá - Galápagos.

Alguns números:
40 anos de experiência como velejador, 28 anos de experiência como instrutor, mais de 28 mil horas de instrução, 20 anos de experiência como instrutor de cursos preparatórios para as Habilitações de Arrais e Mestre Amador, mais de 300 mil milhas navegadas e mais de 5 mil alunos formados.

Atividades fora do esporte que contribuíram para a experiência docente:

Coordenador geral do Centro de Ensino da FCD em Porto Alegre de 2005 a 2010, coordenador geral do Pólo de Graduação Superior EAD ULBRA/FCD dos cursos de Administração e Pedagogia de 2008 a 2010. Coordenador geral do Programa Federal Pró-Jovem Trabalhador Juventude Cidadã no município de Pelotas no ano de 2010.